Imprimir

A evolução dos cuidados intensivos tem contribuído para eliminar "tragédias" no nascimento dos chamados bebés de "alto risco"/prematuros. Apesar destes avanços, muitas pessoas ainda pensam que bebés pequenos e doentes no nascimento permanecerão "fracos" na vida adulta. Na realidade, com a excepção de um pequeno número de crianças com doença neurológica grave, as perspectivas para os bebés prematuros são tão boas como para os bebés de termo.

Aqui estão alguns exemplos:


Kepler

 

 

Johannes Kepler - Astrónomo e matemático Alemão. Nasceu em 1571 e viveu 59 anos.QI estimado de 160. Teve um mau inicio de vida. Nasceu com 7 meses de gestação, e nessa época pensava-se que os bebés com 7 meses iriam ter um corpo e uma mente fraca.

 

Tornou-se o Principal Matemático do Imperador e foi o fundador da Astronomia e da Física Moderna.

 



 

isaac_newton

 

 

Sir Isaac Newton - Físico, Matemático e Astrónomo Britânico. Nasceu em 1642 e viveu 85 anos. QI estimado de 170. No dia de Natal, na casa de Woolthrope, um bebé de cerca de 1500 gramas, acabado de nascer, descansava sobre uma almofada junto da sua mãe. Estava vivo mas lutava para respirar. Assustadas as parteiras e o medico pensavam que não iria resistir muito tempo. 


Enganaram-se pois esse pequeno bebé tornou-se um dos maiores génios científicos de todos os tempos.

 

 

 

 

voltaire


 

 

Francois Marie Arouet De Voltaire - Filosofo e Escritor Francês. Nasceu em 1694 e viveu 84  anos. QI estimado de 180. No dia do seu nascimento, devido às poucas hipóteses que tinha de sobreviver, foi baptizado á pressa. As enfermeiras diziam que não iria sobreviver mais do que uma hora. 


No entanto desafiando as expectativas o pequeno rapaz sobreviveu e é hoje considerado como um génio raro.

 

 

 

goethe

 

 

 

 

Johann Wolfgang Goethe - Poeta Alemão. Nasceu em 1749 e viveu 83 anos. QI estimado de 200. A sua mãe  sofreu 3 dias de agonia mortal antes dele nascer. Parecia tão frágil que se pensava que não iria sobreviver. Durante algumas horas o seu corpo foi friccionado com vinho, até que finalmente abriu os olhos e viveu.

 

 

 

 

ThomasHardy2

 

 

 

 

 

Thomas Hardy - Escritor Inglês. Nasceu  em 1840 e viveu  88 anos. Quando nasceu foi dado  como  morto, mas por insistência da parteira foi reanimado e tornou-se num grande Poeta e Romancista Inglês.

 

 

 

 

franklin-roosevelt-picture

 

 

 

Franklin Delano Roosevelt - Presidente dos Estados Unidos da  América. Nasceu em 1882 e viveu 63 anos.

Nasceu após um longo e difícil trabalho de parto, no qual uma  overdose de clorofórmio quase acabou com a vida da mãe e do bebé. Anos mais tarde Sara Delano Roosevelt, sua mãe, disse: "...uma dose elevada de clorofórmio ia  sendo quase  fatal ... a  enfermeira  disse mais tarde que nunca  esperava que o bebé sobrevive-se". Eleito para quatro mandatos como presidente dos  Estados  Unidos, Roosevelt  ocupa um  lugar importante na Historia Americana Moderna.



 

pablo_picasso_01

 

 

 

 

Pablo Picasso - Artista Espanhol. Nasceu em 1881 e viveu 92 anos. O porto de Malaga na costa mediterrânica espanhola foi o palco do seu dramático nascimento em 25 de Outubro. A parteira pensou que a criança tinha nascido morta e deixou-a em cima da mesa para ir socorrer a sua mãe. 


Foi o tio, um médico experiente, que o reanimou e assim salvou esse futuro grande artista.

 

 

 

A pavlova

 

 

 

Anna Pavlova - Bailarina. Nasceu em 1885 e viveu 46 anos. Como uma bebé prematura ela "...era tão fraca que foi baptizada três dias após o nascimento. 


Passou os primeiros meses de vida envolta em algodão hidrófilo." No entanto viria a tornar-se na mais famosa bailarina do mundo.

 

 

 

 


A  esta lista podem ainda acrescentar-se nomes como os de Albert Einstein, Sir Winston Churchill, Charles Darwin, Mark Twain, Napoleon Bonaparte, Renoir, Stevie Wonder, Victor Hugo, ... Devido ao facto de as biografias raramente referirem detalhes do nascimento torna subjectivas as citações acima referidas.

Apesar das complicações que podem surgir, actualmente é possível prever um futuro brilhante para os recém nascidos prematuros e doentes.