Imprimir

A


Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais (UCIN) é uma unidade especial que se encontra inserida no Serviço de Neonatologia. Esta unidade é o lugar onde se proporciona vigilância, tratamento e cuidados aos recém nascidos prematuros e de termo com problemas de saúde que possam ser potencialmente graves.


As primeiras visitas dos pais à UCIN podem ser assustadoras, stressantes e até frustrantes. Provavelmente vão encontrar o bebé numa incubadora rodeado de maquinas estranhas que emitem alarmes, beeps e outros barulhos estranhos, mas não se alarmem e peçam ao médico ou ao enfermeiro que lhes explique a finalidade de toda a "maquinaria" e de certeza que ficarão mais tranquilos.

 ucin1

 

Aspecto do bebé:

O bebé prematuro tem um aspecto frágil, a sua pele é imatura, "pegajosa" ao tacto, e através dela podem ver-se os vasos sanguíneos subjacentes, o que faz com que tenha uma cor rosada ou violácea. A maioria dos prematuros podem ter uma camada fina de pelo muito suave (lanugo) que cobre a maior parte do corpo, e que a medida que ele cresce irá desaparecendo.
A cabeça pode parecer grande em relação ao tamanho do corpo e os  braços e as pernas bastante compridos. À medida que vai crescendo  a cabeça, os braços e as pernas vão tornar-se mais proporcionais. Pode acontecer que ainda tenha as pálpebras cerradas, mas  com o tempo vão-se abrir. As orelhas encontram-se ainda pouco desenvolvidas, muito junto à cabeça e com pouca ou nenhuma cartilagem o que faz com que se dobrem com muita facilidade.
Os rapazes tem um pénis muito pequeno e é possível que os testículos  ainda não tenham descido para as bolsas. As meninas têm o clitóris proeminente devido aos lábios circundantes ainda não estarem desenvolvidos.
É frequente que se movimente pouco e quando se movimenta o faça por movimentos bruscos que parecem "sacudidelas". Isto acontece porque a coordenação dos movimentos ainda é imatura.
É possível que, no inicio, tenha medo de o acariciar, pois parecem muito frágeis devido ao  seu pequeno tamanho. No entanto, é muito importante que se estabeleça o mais precocemente possível um vínculo físico entre os pais e o bebé. Falar e tocar o bebé facilita o desenvolvimento e ajuda os pais a estabelecer vínculos afectivos. Dependendo das condições de saúde, poderá alimentar,limpar e cuidar do seu bebé.

.
Que possibilidades tem de sobreviver?

As possibilidades de sobrevivência de um bebé prematuro estão directamente relacionadas pela idade gestacional, peso ao nascer e a presença de problemas de saúde graves ao nascer (respiratórios, cardíacos, infecciosos, malformativos, etc..). De todos os problemas o mais importante é a idade gestacional, uma vez que esta determina a maturidade dos órgãos. Actualmente considera-se viável um recém nascido a partir das 23/24 semanas.

.
Que possibilidades tem de ficar com sequelas?

Na maioria dos casos é difícil, nos primeiros dias, prever uma futura incapacidade do bebé. Existem factores que aumentam o  risco (todos os que influenciam a sobrevivência do bebé), bem como outros que se manifestam nos primeiros dias ou semanas de vida. O médico, segundo a evolução do bebé e dos problemas que apresenta, irá informando os pais das possibilidades de sequelas futuras. No entanto à que ter em conta que  algumas delas só se poderão diagnosticar em posteriores etapas da infância.

.
O equipamento da UCIN:

Geralmente a primeira visita ao bebé é feita pelo pai e só algumas horas ou dias mais tarde irá receber a visita da mãe, devido ao parto em si e ao facto poder ter sido submetida a uma anestesia geral. Chegados à UCIN é normal que os pais se sintam impressionados pela quantidade de tubos, fios, cabos e aparelhos que o bebé tem ligados. A maioria deles servem para dar informações sobre o seu estado (monitores), outros para alimentar o bebé (sondas e infusões intravenosas), outros para obter amostras de sangue sem causar dor (cateteres nos vasos umbilicais), ou para lhe permitir respirar (ventiladores) através de um tubo que facilita a chegada de ar aos pulmões (tubo endotraqueal).
.

O bebé encontra-se dentro de uma incubadora, que tem por função substituir o útero materno, mantendo um ambiente quente e regulando a temperatura consoante a temperatura do bebé. A incubadora proporciona a humidade necessária ao equilíbrio do bebé e protege-o das infecções e do barulho. Todos os cuidados e tratamentos, incluindo a pesagem, são realizados dentro da incubadora. 

  monitor cr

monitor de frequência cardíaca e respiratória, através de uns fios que terminam nuns pequenos autocolantes que são colocados no peito e no lado esquerdo da barriga do bebé, informa como é o ritmo cardíaco e respiratório do bebé.

.oximetro pulso1
oximetro de pulso, através de uma pequena tira com uma luzinha vermelha que é colocada no braço ou no pé do bebé, mede continuamente a oxigenação do sangue e permite regular a quantidade de oxigénio que o bebé precisa.

.
Como o bebé nas primeiras horas ou dias não pode ser alimentado com leite, é colocado numa veia periférica um pequeno tubinho chamado cateter por onde é administrado o soro e toda a medicação que o bebé precisa. Este cateter pode ser periférico e estar colocado em qualquer um dos membros superiores e inferiores ou até na cabeça, ou pode ser central.O cateter central pode ser colocado nos primeiros dias de vida numa das veias ou artéria do cordão umbilical ou pode ser colocado numa das veias dos braços, da região do pescoço, virilhas e tórax. Os cateteres centrais são de longa duração e como tal evitam ter de se picar muitas vezes o bebé.

bebe ventil

ventilador é um aparelho complexo e evoluído, que de acordo com as necessidades do bebé, permite fazer vários tipos de ventilação, que vão desde  a ventilação completa até uma pequena ajuda quando o bebé se ""esquece  de respirar". A  ventilação  faz-se através de uns tubos que entram na  incubadora e  que  ligam  ao bebé através  de  um tubo (tubo endotraqueal) que se  encontra  colocado  na  boca ou  no nariz  e  vai até  à traqueia do bebé.

.bebe cpap
.
Quando o bebé apenas necessita de uma pequena ajuda para respirar utiliza-se um aparelho chamado de CPAP, que através de uns pequenos tubinhos colocados no nariz e fixos a uma touca o ajudam a respirar.

sonda nasogastrica é um tubinho colocado na boca ou no nariz e que vai até ao estômago e que serve para verificar o conteúdo do estômago e para alimentar o bebé quando este iniciar o leite.

Este é o principal equipamento que rodeia o bebé, no entanto pode encontrar outros equipamentos ou   instrumentos necessários para uma situação especifica. Se isso acontecer peça ao Enfermeiro ou ao Médico para lhe explicar a sua finalidade.