Uma Princesa chamada Maria...
ma_1

Tudo estava a correr bem com a gravidez da mamã, e “supostamente” o meu nascimento seria mais ou menos a 22 de Abril, digo supostamente porque a mãe natureza nos pregou uma partida! Foi um grande susto...pois os meus papás nem de perto nem de longe contavam com a minha vinda assim tão cedo...foram momentos de muita angústia e preocupação.
Como ouvi falar tanto no Carnaval, decidi nascer mais cedo…afinal também queria participar nas festas...e assim sendo nasci no dia 1 de Fevereiro de 2008 (com apenas 28 semanas de gestação), às 16:15h, devido a uma diminuição da espessura do colo do útero da minha mãe. Tinha 1020gr, 26 cm de perímetro cefálico e 36 cm de comprimento. Era mesmo pequenina!

 

 ma_2

 Assim que nasci, levaram-me logo para o outro lado da sala e os meus papás nem tiveram tempo de estar comigo, pois havia tanta gente à minha volta a ver se eu estava bem... tentaram entubar-me, mas não deixei e depois de tantas lutas com a médica, ela lá desistiu e disse: “ Temos aqui uma guerreira!”. Levaram-me logo para a Unidade de Neonatologia, no Hospital do Divino Espírito Santo (S. Miguel, Açores), onde as Tias (enfermeiras e as médicas) me ajudaram a superar esta complicada etapa e a triunfar como uma pequena grande vencedora!
.

 

ma_3

 

Foram uns longos 63 dias de internamento (desde o dia 1 de Fevereiro de 2008 até ao maravilhoso dia de regressar a casa: 4 de Abril de 2008).
Quando os meus papás me foram ver pela 1ª vez, mostraram-se muito felizes e optimistas, mas sabe-se lá como estariam por dentro...apesar de recearem o futuro que nos esperava, perceberam que eu era uma lutadora, pois desde o início que não precisei de ventilador, pois respirava por mim! E isso já era um passo vitorioso!
Os meus papás só podiam tocar-me através daquelas janelas pequeninas, ainda não podiam pegar em mimma_4 ao colo...
Como tive icterícia (cor amarela), tive que iniciar fototerapia, por isso ligaram à minha casita uns holofotes, tipo daqueles do estádio de futebol e lá estive toda sexy a fazer solário (O verão está aí e tenho que estar morena!!). E ainda tive direito a uns óculos da moda!! Ora vejam lá...hein toda fashion!!

 

 

 

.

ma_6Devido a estas luzes perdi muito peso e do meu peso inicial (1020gr) cheguei às 808gr, mas parece que é normal,  já que todos os bebés perdem peso ao nascer. Cada dia que passava, eram pequenas vitórias que conseguia...comecei a beber leite da mamã (comecei com apenas 1ml), as Tias davam-me o leitinho por uma sonda, pois assim não me cansava!
O tempo foi passando... e mais vitórias conseguia... todos os dias era pesada para ver se começava a engordar e de dois em dois dias, lá vinham as Tias, fazer das suas...lá me picavam, para as análises...pronto, é verdade eu chorava, mas tinha que ser pois era muito importante para ver se tudo estava bem. O dia 12 de Fevereiro (947gr), foi um dia especial, pois saí dos cuidados intensivos e passei para os cuidados intermédios, mas lá continuei na minha casita transparente... A partir de hoje já podia ter visitas!!! para além dos meus papás, é claro!!  
Sabem que mais??? No dia 17 de Fevereiro atingi 1kg e a mamã e o papá  levaram um bolo de 1kg, para festejarem na Neonatologia com as Tias!!! Era um bolo da Hello Kitty!!
No dia 18 de Fevereiro, ultrapassei o meu peso à nascença em 4gr (YESSSS)!!! (1024gr), Oh para mim a ficar grande e gorda!!

ma_5

 



 

 

 

 

ma_8As tias disseram que quando atingisse as 1500gr, deixaria a minha casita transparente e ía para umma_7 berço...portanto depois dessa maravilhosa notícia, foi um tal engordar!!! Já andava a beber à volta de 23ml de leitinho da mamã.
O dia 2 de Março foi importante pois conheci a minha avó Natália e adivinhem quanto é que pesava?? 1198gr (estava a ficar gorda!)! A Vovó achou-me pequenina mas muito perfeitinha (ou não fosse a minha avó!!!).
Mas nem tudo foram rosas...não sei se sabem mas, durante a vida fetal, existe um canal, denominado ductus, que faz com que o sangue não passe pelos pulmões, uma vez que o feto recebe o oxigénio através da placenta. Normalmente, este canal fecha pouco depois do nascimento, permitindo aí que o sangue vá aos pulmões para se oxigenar...no meu caso este  canal não encerrou...o que  foi diagnosticado pelo aparecimento de um sopro e no dia 12 de Março, comecei a fazer medicação (indometacina), para a resolução do problema, mas o canal não fechou…
No dia 16 de Março, como já tinha 1459gr, tomei o meu primeiro banho na banheira!!! 

 

ma_9


Antes tomava banho dentro da incubadora com uma tacinha e umas gazes, chorava muito...pudera, né?? Quem é que gosta de tomar banho às prestações?!?!
Lembram-se que as Tias me disseram que quando tivesse 1500gr, poderia ir para o berço?? Pois esse dia chegou!! E no dia 18 de Março, fui para o berço, com 1493gr (foi a prenda do dia do pai antecipada!). Mais uma prenda para o Papá!!! no dia 19 de Março (1509gr), bebi leitinho pela 1ª vez no biberão!!! 
Tive muitos amiguinhos na Neonatologia, mas eles iam sempre primeiro que eu para casa, e eu ficava triste porque afinal também queria ir para a casinha que a mamã tanto falava...até que as Tias explicaram que só poderia ir para casa quando pesasse 2kg, e a mamã, em tom de brincadeira, já dizia: "Filhota, daqui a 500gr vais para casa!!". Já estão mesmo a ver a partir desse dia, todas as vezes que eu me pesava a mamã fazia uma festa!!
Finalmente chegou o grande dia, o famoso dia D!!!! 4 de Abril!! Adivinhem para onde fui?! PARA CASA!!!!

ma_10 ma_12

ma_11

O que posso vos dizer hoje? Sou saudável e venci... acho que as imagens falam por si!
Nunca percam a esperança e a fé.

 

ma_3
  

O Antes...

 

ma_13ma_14ma_15
.

 

 

 

 

 

 E o depois...

" O optimismo e a fé em acção. Nada se pode levar a efeito sem optimismo."
                                                                                                                                  Hellen Keller

Um bem Hajam a todos...
Maria Morgado Vieira
http://mariamorgadovieira.blogs.sapo.pt  



                                                                                                      Fotografias cedidas pelos pais da Maria

Ser Prematuro®  2007 - 2017                                                                                                                                              O autor agradece  a colaboração de todos os pais