sofia 1

A Sofia nasceu em Junho de 2004 com 24 semanas de gestação e com 860 gramas de peso.

sofia 2 sofia 3

A Sofia com 7 meses (á esquerda) e com 9 meses.



A Sofia foi uma lutadora, nunca precisou de ventilador, e ao fim de mês e meio (Agosto de 2004) teve alta do Hospital, e foi para casa com os seus 2010gr.

sofia 4

A Sofia em Junho de 2006 com 24 meses.


.
QUERO SER GAUNNDE!!

"Olá! O meu nome é Sofia, e só sonho em ser GRANDE!!!
Sim, grande, porque esse é o meu maior receio: não crescer como a minha mãe. Mas vamos por partes.
Muito tempo passou e muitas aventuras aconteceram. Os meus pais agora vivem em casas diferentes. O meu pai tem uma "mãe" nova para mim e tudo isto é confuso. Mas eles pensam que eu não me apercebo, mas sei de tudo. E sou muito brincalhona. Adoro cantar. Já ligo o "putador" sozinha, a "intenet" e chamo a minha mãe pa pôr aquela senhora a cantar o "Sobe sobe balão sobe" numa janela onde aparece muita coisa pa ver!! Depois é só eu ir clicando e vejo outras coisas.
Tenho sido muito forte. Não tenho estado doente. A última vez que tomei antibiótico foi na incubadora do meu hospital, quando tinha ± 1 Kg. Sim, c'a minha mãe já me disse onde eu nasci.
Por isso é o "MEU SPITAL" E ia lá às vezes ter com umas senhoras que a minha mãe diz que foram quem me ofereceu a ela. Pois é ... Antibiótico nem vê-lo!.. Eu sou forte!" Muito forte!
A minha mãe diz que é por causa de eu ter tido pressa em saír. Que isso me fez mais forte! E traquina... Eheheh!! Por isso, paizinhos que estão a ler isto: preparem-se!! Vão ter trabalho!!  Eheheh Agora vivo à beira do mar! e isso faz o meu nariz deitar tudo para fora. Por isso não fico doente.
O meu conselho pais: levem os bebés a apanhar o vento frequinho na cara, bem agasalhadinhos, mas sem gorros. Os ouvidos aquecem muito! E depois, qualquer descuido, eles ficam de fora e constipam-se: DOIEM MUIIITO, diz a minha mãe. Mas a mim nunca doeram, porque eu não os aqueço com gorros.
Não levem os vossos bébes para sítios fechados, em dias de inverno (ou verão). É preferível um ventinho na "trombita" como diz a minha mãe, do que o ar já passado por centenas de pulmões, aquecido por ares condicionados que ajudam os micróbios a crescer.
Por exemplo: No outro dia, nasceu uma afta no céu da minha boca, e começou a ficar maior. Eu não queria comer porque me doia muito! E então fui ao 'spital. Mas não foi ao meu. Foi a outro. Quando cheguei lá, a minha mãe disse: !Ai! 'tá tanta gente! As pessoas espirravam, os bebés choravam. E então, eu não percebi muito bem porquê, mas a minha mãe ficou comigo na rua, à espera. Tava solinho, mas sentia as bochechas geladas do frio. Mas cá fora cheirava muito melhor. E o ar era fresquinho... Limpinho! Até que uma sra. disse o meu nome e entrámos. O médico disse que eu tava muito bem, que era apenas uma afta (sei lá eu o que isso é!) mas deu-me uma pomadinha e no dia seguinte tava melhor. Eu depois pedi à minha mãe a pomada que sobrou para pôr nos meus bébés, mas ela não me deu!
Fiquei triste, mas ela depois explicou-me e eu então entendi por que eu nunca vejo nenhuma pomada nem comprimido. São coisas muito sérias com as quais não podemos brincar. Tão sérias que são essas coisas que me podem pôr boa se um dia ficar doente, e que me podem pôr muito doente se eu as usar quando tou boa.
Mas o meu medo é mesmo não crescer. Todos os meninos na minha escolinha dizem que sou pequenina. Mas não sei o que fazer! Sempre fui assim e embora tenha quase 5 anos (55 meses) tenho apenas 13 Kg e 96 cms de altura. Será que alguém me poderia ajudar? Ou esclarecer?
Papo sempre a sopinha toda, a todas as refeições, a chicha ou o peixinho, papo um ovinho por semana, e sempre frutinha, sempre. Mas tou sempre pequenina!
Ah! E outra coisa! Não percebo como os outros meninos comem chocolates e chupas a toda a hora. Eu não gosto! BLHRRRGGGG!! A minha mãe nunca me deu. E no Natal experimentei.... !!! Qu'horror!! Aquilo pica! Mas não faz mal, porque tenho os meus dentes todos branquinhos. Todos!!
Bastou a minha mãe dizer, quando eu lhe pedia nas compras, que aquilo não prestava e que era dos outros meninos! E eu então já não pedia porque não era meu! Assim sou magrinha mas muito rija!!
Ah outra coisa! Eu rou-o as unhas... Alguém me sabe dizer o que fazer? É que a minha mãe ralha comigo e eu fico triste. Mas quando dou por ela... Já tenho os dedos na boca outra vez!! (parece que são eles que querem vir para a minha boca... Ihihihi)

Beijinhos a todos !! E coragem!!...


Os prematuros são uma dádiva preciosa!


Olhem para mim !! Hein?? Hein?? Eheheh

BEIJINHOS FOFOS!"

Nota: Eu queria ter um gatinho pequenino, branquinho, de olhos azuis! Se alguém souber digam-me!
 

sofinatal08

Fotografias cedidas pelos pais da Sofia

Ser Prematuro®  2007 - 2017                                                                                                                                              O autor agradece  a colaboração de todos os pais