din_1_29_04_2005

 

 

O Dinis nasceu em Abril de 2005  com 32 Semanas de gestação e com 1700 gramas de peso

 

 


.

Este é o testemunho da mãe do Dinis:
din_12dias"Estava  previsto o nascimento do meu filho a 15/06/2005 mas acabou por ter que nascer mais cedo. Os meses anteriores  ao nascimento correram sem qualquer problema até à ecografia das 32 semanas (27/04/2005) as fluxometrias estavam alteradas (anomalia no cordão umbilical) o meu filho estava no percentil 25 e não se encontrava a ser alimentado correctamente; o fluxo sanguíneo do cordão que leva o alimento e o oxigénio, tinha falhas. Entrei em desespero e pânico, foi um momento muito complicado e doloroso, não estava a espera, foi tudo muito de repente.
Dei entrada no hospital no dia a seguir. A minha médica que acompanhou a gravidez estava de férias e não me podia auxiliar.
No dia 29/04/2005 os médicos obstretas que estavam de serviço repetiram a ecografia e decidiram que o meu filho tinha que nascer, e assim foi, nesse mesmo dia às 16:53h, no meio de muita angustia, incertezas, nervosismo e lágrimas nasce o meu Dinis de cesariana comdin_1ano 1.700Kg e 42cm.
Esteve na incubadora 6 dias e passou para o berço só para ganhar peso. Graças a Deus nunca teve complicação nenhuma. Saiu dia 16/05/2005 com 2 kg.
Foi sempre um bebé muito saudável, que teve uma evolução enorme em tão pouco tempo; com um mês e meio após o nascimento já tinha 3.980kg. Com 1 ano pesava 11,700kg, ninguém dizia que ele tinha sido prematuro. A Pediatra com 1 ano deixou de fazer idade corrigida, porque ele estava tão desenvolvido ou melhor que um bebé de termo.

Apesar de tudo o que aconteceu, hoje encaro tudo o que passei, como uma experiência positiva na minha vida."

 Anabela Pessoa

 

din_3meses

O Dinis com 3 meses

din_2anos

O Dinis com dois anos

 

din_3anosdin_4anos
 O Dinis com 3 e 4 anos
 
 
Fotografias cedidas pelos pais do Dinis

Ser Prematuro®  2007 - 2017                                                                                                                                              O autor agradece  a colaboração de todos os pais